Afinal, quais as desvantagens de não estar nas redes sociais?

Afinal, quais as desvantagens de não estar nas redes sociais?

Você sabia que mais de 92% das empresas estão presentes nas redes sociais? Isso significa que a maioria das instituições já percebeu a necessidade disso, uma vez que só o Facebook atrai mais de 1 bilhão de usuários por dia.

Por isso, as corporações entenderam que devem estar onde seus clientes estão, aumentando, assim, a chance de fechar negócios. Nesse sentido, sabe-se que uma empresa que publica diariamente em seus perfis intensifica as visitas em 10 vezes quando comparada às que não publicam.

Sua marca está disponível nas redes sociais? Embora as estatísticas informadas sejam suficientes para convencê-lo a mudar de ideia, no post de hoje, mostraremos as principais desvantagens que seu negócio tem em deixar de lado mais de 2,8 bilhões de pessoas.

Pronto para levar sua marca a outro patamar? Então continue a leitura!

Deixar de monitorar o que os internautas pensam

Como vimos, a participação do público nas redes sociais é alta. Sendo assim, elas mostram que são um ótimo caminho para descobrir o que os internautas pensam sobre determinado negócio ou serviço.

Quando a marca não está presente nelas, é difícil compreender quais são os problemas relacionados aos serviços e, dessa maneira, melhorar a qualidade. Assim, não será fácil gerar leads (um potencial cliente), uma vez que sua empresa não sabe ao certo o que os clientes entendem sobre sua marca e seu mercado.

Ignorar ferramentas importantes para gerar leads

As redes sociais possuem diversas possibilidades para que a empresa consiga mais leads. Quando a marca não está disponível, a instituição deixa de:

  • atrair usuários com materiais úteis, interessantes e relevantes para o público;
  • usar ferramentas para gerar e gerenciar cada lead.

A partir dos perfis, muitas instituições automatizam o envio de novos conteúdos para os leads gerados, alimentando-os de forma consistente. Além disso, fica mais fácil saber quais são os internautas que estão mais propensos a realizar a compra.

Perder interação com os consumidores

Uma das formas de conseguir mais clientes e fidelizar os que já são surge por meio da interação. A partir dela, a empresa pode se comunicar com o público, entender quais são suas principais demandas e receber feedback de tudo quanto for realizado por ela.

Quando a marca não está nas redes sociais, deixa de conversar com os internautas. Dessa maneira, será mais complicado convencer os mais problemáticos a continuar contratando seus serviços. Ademais, você não fornecerá motivos suficientes para que seus melhores clientes continuem com você.

Abrir espaço para a concorrência

Além de tudo o que já foi exposto, quando uma empresa não está nas redes sociais, ela deixa que a concorrência tenha visibilidade, conquiste e fidelize os clientes que poderiam ser seus. Por isso, é importante estar onde seu público mais gosta de passar o tempo.

Quanto antes uma empresa entrar nas redes, mais facilmente encontrará possíveis consumidores interessados em seus produtos ou serviços. Por outro lado, quanto mais demorar, mais dificuldade encontrará para efetuar o trabalho de divulgação da marca.

Após verificar as estatísticas que mostram a importância dos perfis empresariais e os diversos pontos negativos em deixar sua instituição fora das redes, você se convenceu de que deve começar a trabalhar nelas rapidamente? Com elas, sua marca pode fazer mais negócios, entendendo o seu público e interagindo com ele. Por isso, não deixe seus concorrentes ficarem à sua frente.

Gostou do artigo e deseja obter dicas sobre redes sociais e marketing? Então assine a nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão no seu e-mail!

Sem comentários

Cancelar